quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Destes dias

Esta semana estou de férias, e estes dias estão a saber lindamente, apesar de estar por casa, pois o marido não conseguiu tirar férias, há muita brincadeira, muita descoberta, notei um desenvolvimento brutal no Lourenço, fala imenso, repete tudo o que a gente diz, já faz frases de duas palavras... quelo colo, e está também mãe dependente, para onde eu vou ele vai atrás...
È bom estar em casa com ele, só os dois, mas ao mesmo tempo é muito cansativo, acreditem que estou mais cansada do que se estivesse a trabalhar...lol... quer brincar e se me vê no computador vem logo ter comigo e diz anda...
O que ele é é muito desarrumado, meu Deus, por onde ele passa parece que passou um tornado, tal o grau de desarrumação, e eu depois digo Lourenço arruma e ele responde-me não... aí aí... só espero que ele mude :)

Ficam aqui algumas palavras que ele diz... só para registo:
- Oenco ( Lourenço)
- pela (pêra)
- nanana (banana)
- vó
- võ
- bigada
- pato (sapato)
- si (sim)
- fume (perfume)
- ivo (livro)
- tal (Natal)
- É ( Zé... o pai)
- Ete ( Elisabete... o meu nome... isto é quando alguém chama por mim e ele repete)
- ou eu (sou eu... o fim da musica do Ruca)
e mais muitas mais das quais não me lembro agora.

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Mensagem para 2010

No meu almoço de Natal do escritório, nas nossas brincadeiras de amigo secreto surgiu este poema, achei lindo... e decidi partilhá-lo, e com ele desejar um Bom 2010 para todos os que nos vistitam!

"Quantas vezes nós pensamos em desistir
deixar de lado o ideal e os sonhos.
Quantas vezes batemos em retirada
com o coração amargurado pela injustiça.
Quantas vezes sentimos o peso da responsabilidade
sem ter com quem dividir.
Quantas vezes sentimos solidão
mesmo cercado de pessoas.
Quantas vezes falamos
sem sermos notados.
Quantas vezes lutamos por uma causa perdida.
Quantas vezes voltamos para casa com a sensação de derrota.
Quantas vezes aquela lágrima teima em cair
justamente na hora em que precisamos ser fortes.
Quantas vezes pedimos a Deus
um pouco de força, um pouco de luz.
E a resposta vem, seja lá como for
um sorriso, um olhar cúmplice, um cartãozinho,
um bilhete, um gesto de amor.
E a gente insiste.
Insiste em prosseguirem acreditar
em transformar
em dividir
em estar
em ser
E Deus insiste em nos abençoar
em nos mostrar o caminho.
Aquele mais difícil
mais complicado,
mais bonito.
E a gente insiste em seguir
porque tem uma missão...
SER FELIZ!"

sábado, 26 de dezembro de 2009

O nosso Natal...

Foi passado na nossa casinha com os avós paternos do Lourenço, não tive oportunidade de o passar com o meu papi e mana que estavam longe, mas foi um bom Natal... na noite de 24 o Lourenço abriu alguns presentes...o Panda , a Guitarra (dos avós) e o carro (da Tia Glória), as outras ficaram para a manhã do dia 25 pois a noite já ía longa aguentou-se acordado até ás 23.30 depois foi nanar para voltar a acordar ás 10.30 de 25 e depois do leitinho era vê-lo feliz a abrir as restantes prendas, um livro Faisca, uma caixa de Leggos (da Nana), um carro com comando da Chicco (no inicio ele teve medo de o ver andar sózinho, foi a Tia Marlene que deu), uma pista com pópós (da Joana) e no fim a prenda com que ele mais delirou uma tenda com 250 bolas... foi o delirio total... agora vem ter comigo e diz anda, dentro... para eu me enfiar lá dentro com ele... lol
Para além destes briquedos, recebeu roupa, que estreou no dia de Natal.
Com o Natal, vieram também novas palavras, a cada hora diz uma nova, repete o que a gente diz e já sabe dizer que se chama Ento... num espaço tão curto aprendeu tanta coisa nova.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Feliz Natal!

A todos que nos visitam, desejamos um Natal muito Feliz recheado de doces e que o Pai Tal vos traga muito amor no seu trenó :))))))

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

O Lourenço aprendeu a dizer:

TONTA
e chama-me assim vezes sem conta... Mãe Sofre!

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Parabens TIA MANANA


Goto ti... Chuacccccc

domingo, 13 de dezembro de 2009

Domingo...

De manhã fomos à festa da natal da empresa do pai, onde houve mágicos e palhaços e muitos balões e o Lourenço delirou com tudo, é certo que não prestou muita atenção mas à maneira dele divertiu-se e vi que tenho um filho que não sai nada à mãe ou seja de timido não tem nada, mete-se com toda a gente e é muito bem disposto no contacto com quem não conhece.
Depois, fomos almoçar a um restaurante e ao contrário do que eu pensava portou-se muito bem, comeu a sopa toda e ainda petiscou do nosso cozido à portuguesa, só para o fim é que só dizia sai ou seja queria sair da cadeira... lol... e como se portou bem recebeu um presente do empregado de mesa um brinquedo que faz muito barulho...
ainda demos uma saltada no Shopping para comprar a prenda da tia Manana que faz anos na terça, e realmente um shopping num domingo vésperas de Natal é a loucura, mas valeu a pena lá ir pois fomos ao Jumbo e havia fraldas dodot a 10.99€ e comprei logo 2 pacotes.
E à pouco apareceu a Nana que ele adora e foi o remate final para um Domingo perfeito...

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Caracóis...


ainda bem que não cortei, quando ficam enroladinhos são tão giros... lá para o ano a gente corta!

sábado, 5 de dezembro de 2009

18 meses


e para os comemorar fizemos a árvore de Natal ou antes do tal (como diz o Lourenço) e tal como previsto foi a loucura... desde as bolas que ele acha que são para brincar, até à fita que põe ao pescoço ou trepar na lareira para chegar ás luzes que lá estão colocadas... é bom ver a felicidade dele com coisas tão simples!

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Done...

Exames feitos e segundo a médica radiologista está tudo bem... uffff
Acho que o ser mãe mudou a forma de ver tudo, ontem a angústia era de pensar não em mim, mas no Lourenço... hoje quando ele acordou e lhe dei o leitinho, fiquei a contemplá-lo... foi o nosso momento ... que meu muita energia positiva e força para ir fazer os exames...

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Desabafo...

Amanhã é dia de ir fazer exames médicos e sinto-me angustiada, com medo que algo não esteja bem, e penso na minha mami...
Faço estes exames de dois em dois anos pelo historial familiar que tenho, mas nunca me senti assim como hoje, tenho medo de encontrar o que não quero...
Penso no Lourenço e digo para mim mesma... é só um exame de rotina...

terça-feira, 1 de dezembro de 2009